Posso te ajudar?

Rua: Silva Jardim, 24 - Centro
São José do Rio Pardo/SP

Telefone:
(19) 3682-7300 |

DINHEIRO - Mercado de criptomoedas supera a marca de US$ 3 trilhões

Publicado em 11 de novembro de 2021

Compartilhar

O mercado de criptomoedas superou pela primeira vez o valor de US$ 3 trilhões de dólares. A marca histórica foi registrada na segunda-feira (8), após uma forte alta na sessão asiática, segundo o site de análise CoinGecko. No total, o valor de mercado aumentou 8,4% nos últimos sete dias e 25,5% nos últimos 30 dias.

Para Tasso Lago, especialista em criptomoedas, mestre em Finanças Corporativas e fundador da escola de educação financeira Financial Move, essa perspectiva de crescimento vem alinhada à nova onda de alta de criptomoedas como o bitcoin. "Acredito que neste ano o bitcoin irá ultrapassar os US$ 100 mil dólares e o ethereum, os US$ 10 mil dólares. E o motivo é o ciclo de mercado. A gente está vivendo um momento de muitas incertezas e o mercado de criptomoedas age em ciclo. Após setembro do ano passado, tivemos período de alta, um período de retração e agora mais uma onda de alta. Estamos na última onda de alta desse ciclo", afirma.

Como resultado do novo recorde, as criptomoedas agora são mais valiosas do que qualquer grande empresa global listada em bolsa. A maior companhia listada do mundo, a Microsoft, possui US$ 2,5 trilhões em valor de mercado. Para Lago, esse crescimento se deve à melhora cada vez maior da usabilidade, aplicabilidade e interface das criptomoedas.

Outro fator é a alta da Selic, a taxa básica de juros, que atualmente está em 7,75%. Com isso, muitos investidores tem saído da bolsa. "Muitos desses investidores estão indo para criptomoedas. A bolsa caiu muito e está negativa no ano, enquanto as criptomoedas estão explodindo. A alta da Selic faz com que as pessoas arrisquem menos. Em teoria, é esperado que arrisquem menos e acabem indo para a renda fixa. Mas vemos um movimento forte de novos investidores em cripto devido ao movimento do mercado", diz.

De acordo com o especialista, vale ficar de olho em criptomoedas como o bitcoin, o ethereum e o polkadot. "Polkadot terá nesta semana um leilão que permitirá que novos projetos ganhem espaço dentro da blockchain. O bitcoin está em forte onda de alta. E a ethereum está em um momento de se tornar um token deflacionário, ou seja, que mais se queima do que se cria. Isso gerou uma redução da oferta e aumento da demanda cada vez mais crescente. Estamos caminhando para uma crise de liquidez em que o mercado vai querer comprar ethereum e não vai encontrar. Isso tende a tornar o preço do ethereum mais elástico", comenta Lago.

Ele também faz um alerta sobre ativos como Dogecoin e Shiba Inu. "Moedas de memes como Shiba e Dogecoin, apesar de terem subido ao longo do ano em alguns momentos, são moedas sem fundamento e estão sujeitas a aleatoridade. Então, só invista se quiser especular como uma roleta russa. Já bitcoin, ethereum e polkadot são projetos de cripto fortes e com fundamentos. Memes são eventos aleatórios e podem ir para zero de repente", ressalta.

Voltar a listagem de notícias

Formulário de Contato

Entre em contato conosco para esclarecer suas dúvidas

Entre em contato

Rua: Silva Jardim, 24 - Centro

São José do Rio Pardo/SP

CEP: 13720-000

(19) 3682-7300

contato@fontaocontabilidade.com.br

Localização

Desenvolvido por Sitecontabil 2018 | Todos os direitos reservados